Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!

Chamada pública promove a agricultura familiar sustentável

« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:promover, baseada, envolvimento, prefeituras, sindicatos, cooperativas, conselhos e municipais413 palavras6 min. para ler
Promover a agricultura familiar sustentável é o objetivo da Chamada Pública de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) para comunidades rurais do Rio Grande do Sul (RS). A estratégia operacional para execução dos contratos será definida pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e a Emater/RS, nos próximos dias 8 e 9 de abril de 2013, em reunião que será realizada na sede da Emater/RS, em Porto Alegre (RS).

Os trabalhos de campo começam em abril nas 12 regiões administrativas onde a Emater/RS atua, garantindo assistência técnica aos agricultores familiares durante três anos com possibilidade de prorrogação para mais dois.

A Ater com foco na sustentabilidade vai beneficiar 20.600 famílias, em cem municípios gaúchos, envolvendo 234 técnicos e extensionistas da Emater/RS. Uma das metas do trabalho é o manejo sustentável do solo, da água e dos insumos, o que permitirá a produção de alimentos mais saudáveis, além do aumento na renda dos agricultores familiares.

“ iniciativa da Emater/RS de organizar e sistematizar a assistência técnica no estado, com uma participação efetiva do MDA, é importante principalmente para os agricultores que são os maiores beneficiados quando recebem uma Ater de qualidade“, destaca o diretor do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater) da Secretaria da Agricultura Familiar (SAF) do MDA, Argileu Martins da Silva.

Execução

O presidente da Emater/RS, Lino De David, explica que em todo o processo, do diagnóstico à execução, haverá envolvimento de prefeituras, sindicatos, cooperativas e conselhos municipais. “Estamos em processo de ampliação da capacidade operacional da Ater do Rio Grande do Sul, baseada na força de trabalho, na disponibilização de equipamentos e em investimentos na qualificação dos profissionais“, acrescenta.

De David ressalta que o desafio é “consolidar a Ater na perspectiva de se tornar uma política de Estado mais efetiva, permanente e continuada, garantindo a sustentabilidade econômica, social e ambiental das famílias de agricultores e públicos assistidos.“

Avaliações

As etapas e as metodologias aplicadas nas Chamadas Públicas do Rio Grande do Sul foram analisadas em um seminário, que reuniu em Porto Alegre, entre os dias 25 e 27 de março de 2013, representantes do MDA, mais de 80 técnicos e extensionistas, bem como gerentes estaduais e regionais da Emater/RS.

O coordenador de crédito rural da Emater/RS, Cezar Henrique Ferreira, contou que foram apresentadas as avaliações das Chamadas anteriores por meio dos relatórios elaborados ao final de cada contrato. “Os resultados de uma pesquisa feita com 294 técnicos de Ater mostraram que há um bom nível de satisfação em relação ao trabalho executado“, disse Ferreira.


Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it
Estão presentes em Planalto:
Logo governo federal 149218-402-50      Logo formação pela escola.PNG      Logo BG logo-320       Logo conselho de alimentação escolar.PNG       Logo suas logo rodape-402-72       Logo brasão RS2.PNG