Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Ferrosul motiva nova mobilização regional nesta semana

« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:cruz, produtivos, roteiro, centro, beneficiaria, ponto, vista e logístico330 palavras5 min. para ler
A cerca de cinco meses da definição de onde vai passar traçado da ferrovia, assunto retorna à pauta na Assembleia

Arrefecida desde o ano passado, a mobilização para que o Vale do Rio Pardo seja incluído no traçado da futura Ferrovia Norte-Sul deve ganhar novo impulso a partir desta semana. Uma audiência marcada para a próxima sexta-feira na Assembleia Legislativa gaúcha voltará a discutir o projeto, a cerca de cinco meses da aguardada definição sobre onde passará a estrada que atravessará os três estados do Sul do Brasil.

Contratada no ano passado, a empresa licitada pelo governo federal para realizar os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental do trecho da Ferrosul entre Chapecó (SC) e o Porto de Rio Grande (RS) deve apresentar uma proposta de traçado em setembro. Atualmente, existem pelo menos duas grandes frentes defendendo trajetos distintos: um que cortaria o eixo central do Estado, incluindo a região dos vales, e outro que privilegiaria a Região Metropolitana e a Serra.

Por depender também de uma decisão política, lideranças locais entendem que a pressão se torna fundamental. O principal argumento dos defensores do roteiro pelo centro é de que beneficiaria do ponto de vista logístico os principais polos produtivos à medida que facilitaria a conexão com o Porto, a partir de onde os produtos são exportados, e ao mesmo tempo desafogaria rodovias como a RSC-287. Estimativas apontam que anualmente 50 mil contêineres partem do Vale do Rio Pardo para Rio Grande. “Não resolve nada uma ferrovia no litoral, porque não tem nada para passar por lá. Para nós é a mesma coisa que ir até o Porto pelas rodovias”, alega o deputado Heitor Schuh (PSB), que assim como os demais parlamentares da bancada do Vale do Rio Pardo, integra a Frente Parlamentar da Ferrosul. Pela previsão inicial, a estrada partiria de Panorama, no interior paulista, passaria por Chapecó (SC), ingressando no Estado por Erechim, e depois seguiria por Passo Fundo, Soledade, Lajeado, Santa Cruz até Rio Grande.


Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it
Estão presentes em Planalto:
Logo governo federal 149218-402-50      Logo formação pela escola.PNG      Logo BG logo-320       Logo conselho de alimentação escolar.PNG       Logo suas logo rodape-402-72       Logo brasão RS2.PNG